sexta-feira, 30 de setembro de 2011

HÁ 56 ANOS, MORRIA JAMES DEAN


Quando se dirigia para uma corrida, em 30 de Setembro de 1955, envolveu-se num acidente fatal, partindo imediatamente a coluna vertebral e sofrendo de hemorragias internas. Quando foi colocado na ambulância, o passageiro que estava a seu lado, o mecânico Rolf Wütherich, ouviu "um grito suave emitivo por Jimmy - a lamúria de um menino chamando sua mãe ou de um homem encarando Deus."

O médico-legista observou que o corpo de James Dean era coberto de cicatrizes. Num bar de Hollywood, onde era conhecido como "Cinzeiro Humano", ele oferecia seu peito e pedia às pessoas que apagassem seus cigarros nele.

No dia em que morreu, James Dean ainda esgotava ingressos com o seu primeiro filme. A consagração final chegou poucos dias após a sua morte, quando Juventude transviada chegou aos cinemas. Recebeu duas indicações ao Oscar, postumamente. Em 1956, por Vidas amargas (a primeira indicação póstuma na história da premiação), e em 1957, por Assim caminha a humanidade, ambas por melhor ator. Ganhou dois prêmios do Globo de Ouro, em 1956 como melhor ator e, no ano seguinte, num prêmio especial que o consagrou como ator favorito do público.

O seu cadáver encontra-se inumado no «Park Cemetery» (Fairmount, Indiana, USA).


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

30/09 - CRY BABY - lançamento virtual das músicas autorais


Nossa querida banda CRY BABY está entrando naquele caminho maldito e sem volta as músicas autorais e lançará suas novas músicas na sexta-feira, de forma virtual (mundo globalizado é outra coisa). SUCE$$O SEMPRE, FERAS!


Saudações a todos...

É com imenso prazer que informamos a todos que aguardaram, estão ansiosos e também para todos os curiosos que na próxima Sexta feira dia 30/09/11será o lançamento de nossas músicas autorais nos seguintes links:



Serão disponibilizadas as músicas:

OS FORASTEIROS – Música instrumental que representa o início da Cry Baby, representa o desafio de uma nova banda buscando a originalidade sem perder a essência em suas raízes...

LET´S ROCK CRY BABY – Música  que fala sobre a escolha pelo estilo, explicando um pouco da mudança do visual, dos gostos, das idéias e do objetivo de fazer todo mundo agitar...

CHARME – Nossa homenagem a todas as “garotas dos anos 50”, essa música fala sobre o charme, a sensualidade e a inocência desse grupo seleto de mulheres que mantém o estilo e a cultura viva dando mais brilho a nossa vida...

JOHNNY B. GOOD – Pra todos que já viram os videos, agora disponibilizamos o áudio dela, vale a pena conferir nossa versão Rockabilly desse clássico, som que nos sagrou campeões do Vintage Times – Santo Angelo...

É isso amigos, esperamos que todos vocês curtam esse trabalho, que ajudem-nos a divulgar e espalhar, acima de tudo esperamos também vossas opiniões e criticas, estamos trabalhando e produzindo um som com nossas influencias, nossos gostos e nossas idéias, estamos felizes com o resultado mas precisamos muito da ajuda de todos..

Lembre-se estamos abertos a toda e qualquer opinião a respeito, só assim conseguiremos medir nosso trabalho e continuar traçando nossos objetivos...

Muito obrigado a todos...

CRY BABY só tem a agradecer a todos vocês! SEMPRE!

Sucesso a todos, fiquem em Paz!

Abs...


Cry Baby Oficial.
 (19) 9792 9359

21, 22 e 23/OUT - HOT STYLE - cast de bandas!

Saiu o cast de bandas que se apresentarão no Hot Style, grande encontro de antigomobilismo e kustom kulture que acontecerá entre os dias 21 e 23 de outubro em São Bernardo do Campo. Muitas bandas de rockabilly e rock´n roll e concurso de pin ups nos dias 22 e 23 de outubro! Confira a tabelinha abaixo, pra não ter que tirar na hora H!


HOJE! Mary Lee and The Sideburn Brothers em Londrina!



Avenida Airton Sena, 850
Gleba Palhano
Londrina - Paraná


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Significados de tatuagem - Gato Preto

 

GATO PRETO - O desenho do gato preto é comumente associado com o ocultismo, feitiçaria e religiões pagãs. Durante um período que foi chamado de "Idade das Trevas" (por uma boa razão), os gatos pretos eram vistos como demônios e criaturas disfarçadas sob o poder de satanás, o que não ajudava os gatos de modo algum.

O desneho de uma gato preto é uma forma de simbolizar uma crença no feminismo, independente da dominação masculina, ou admiração wicca, crenças pagãs ou espirituais. Também sendo considerado um forte elemento de erotismo, sensual e sexual, tanto o gato preto como a pantera.

*Os desenhos contidos na sessão de significados deste blog são criados por Don Chuck Carvalho exclusivamente para este propósito. Nenhum desenho é copiado, plagiado ou usado sem permissão, assim como não é permitido o uso dos mesmos para qualquer propósito sem devida autorização do criador.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Significados de tatuagem - Abelha


ABELHA - 2.000 anos atrás, as abelhas foram consideradas um símbolo da alma e seu mel era colocado nas tumbas como uma oferenda sagrada para os mortos, deviado ao fato de elas parecem morrer no inverno e voltar na primavera (na verdade hibernando em suas colméias) também se tornou um símbolo de morte e renascimento. Por sua capacidade de sempre encontrar o caminho de volta para casa mesmo em grandes distâncias, a abelha é vista como uma representante da alma. Também associada com a sexualidade e carisma, bem como da fertilidade e do amor, ao matar uma abelha acredita-se que traga má sorte. Não é surpreendente que a abelha também seja vista como um símbolo de ordem social, diligência e limpeza, você só tem que observar seu trabalho incessante com flores, coletando pólen e de mel.

*Os desenhos contidos na sessão de significados deste blog são criados por Don Chuck Carvalho exclusivamente para este propósito. Nenhum desenho é copiado, plagiado ou usado sem permissão, assim como não é permitido o uso dos mesmos para qualquer propósito sem devida autorização do criador.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

MYSTERY TRIO LANÇARÁ CD EM OUTUBRO, PELA BAD HABITS RECS.

O McCoy já avisou que em outubro, a dica quente é o lançamento do CD "Turn On The Key" da banda curitibana (com um mineirinho) MYSTERY TRIO. É a retomada dos lançamentos nacionais da BAD HABITS RECS., sendo que ainda está no gatilho o CD da banda Red Lights Gang. Muita coisa boa vindo por aí! Já separa o trocado, porque o preço é justo. Injusto é você esperar sair em MP3 pra sacanear...

Bom destacar que a Mystery Trio é a bola da vez, pois será a próxima banda brasileira a se apresentar no Viva Las Vegas e a terceira do chart da Bad Habits Recs! A Bad Habits não é uma gravadora, é quase uma agência de viagens...

FAÇA SUA RESERVA EM: BADHABITSRECS@YAHOO.COM.BR




segunda-feira, 19 de setembro de 2011

VIVER BEM EM CURITIBA


Viver Bem

Segunda-feira, 19/09/2011
Hedeson Alves/Gazeta do Povo
Hedeson Alves/Gazeta do Povo / O casal Victor Rodder e Danielle Bonatto em sua sala toda decorada com móveis dos anos 1950: casa mistura formas contemporâneas com móveis e objetos garimpados nos brechós e casas de parentesO casal Victor Rodder e Danielle Bonatto em sua sala toda decorada com móveis dos anos 1950: casa mistura formas contemporâneas com móveis e objetos garimpados nos brechós e casas de parentes
COMPORTAMENTO

No túnel do tempo

Lambretas, jukeboxes e cílios postiços voltam à moda e inauguram uma onda retrô, que mistura de um jeito divertido estilos e modas de décadas diferentes e os dias de hoje
Publicado em 18/09/2011 | LARISSA JEDYN, LARISSA@GAZETADOPOVO.COM.BR
Preparem-se para uma viagem ao túnel do tempo. Aos que têm menos de 30 e poucos, um aviso: nas páginas seguintes, vão desfilar personagens que juram que o passado guarda surpresas e delícias sem equivalentes nos dias de hoje. Cinturinhas de vespa, cílios postiços, saias rodadas, o bom (e velho) cabelão black power e até uma poltrona com pés palito voltam a ser “da hora”. Desta hora, diga-se de passagem.
Não dá nem para definir uma década-tendência. A moda é ser, estar ou ter alguma coisa retrô no meio de um contexto atualíssimo. A graça está em ser uma pin-up de corset e calça jeans na balada ou falar em paz e amor nos tempos de relações virtuais.

Juliana Robin/Arquivo pessoal
Juliana Robin/Arquivo pessoal / Genise Strappazzon Ballura segue o estilo pin-up: “Acho essa estética superfeminina. Ela valoriza o corpo, é clássica, não há como alguém olhar e achar feioAmpliar imagem
Genise Strappazzon Ballura segue o estilo pin-up: “Acho essa estética superfeminina. Ela valoriza o corpo, é clássica, não há como alguém olhar e achar feio
Pare a Delorean, que eu quero descer!


Olhar o vinil rodando no toca-dicos sempre foi, para o ator e músico Marcos Neguers, 30 anos, uma viagem no tempo. Era isso e os ensaios e apresentações do pai, que tinha uma banda de baile, quando dormia debaixo das caixas da bateria.
“Sou um sucesso entre as vovós”


Volverine de costeletas devidamente aparadas, vestido de jeans, camiseta branca ou preta e jaqueta de couro no melhor estilo rebelde da motocicleta, Joaquin Presas, designer, 39 anos, espantou-se quando um aluno o tachou, assim na lata, de “modernoso”. “O quê? Não estou nem sou moderno.
É esse contraste de estilos que chama a atenção quando al­guém se depara com o advogado e músico Victor Rodder, 37 anos, num dos corredores do Tribunal de Justiça de terno, gravata slim, sapatos bicolores e um indefectível topete. Isso tudo, culpa de Little Richards – cantor, compositor e pianista norte-americano que fez sucesso entre os anos 1950 e 1960 – que Victor “conheceu” aos 16 anos. “A música do cara me arrepiou. E aí fui entendendo a estética musical que eu sempre gostei, mas nunca soube o nome e de onde vinha. Com isso veio a jaqueta de couro, o jeans, a camiseta branca”, conta ele.
Desde então, soube que fazia parte da cultura rockabilly, e, como tal, não demorou a se apaixonar por Danny Doll – ou seria melhor dizer Danielle Bonatto, uma empresária de 35 anos? O roteiro parece de filme: eles se conheceram na lanchonete Peggy Sue, curtiam a mesma estética, casaram e viveram felizes para sempre. Detalhe: numa casa que mistura formas contemporâneas com móveis e objetos garimpados nos brechós e casas de parentes. “Minha mãe, no começo, achava que casa tinha de ter coisa nova. Com o tempo, ela acostumou com a ideia e passou a nos avisar quando achava alguma ‘velharia’ por aí”, brinca Danielle.
Entre os vários objetos da casa, dois xodós: a geladeira “cinquentinha” com interior rosa-bebê e o sofá bicolor. “Quando Danielle encontrou a geladeira na Rua Riachuelo, fez um escândalo e me ligou. Eu disse que depois de tanta gritaria, o vendedor da loja aumentaria o preço e, por isso, eu iria lá mais tarde. Aí resolvi fazer uma surpresa. Fui à loja e, ao voltar para casa, disse que já haviam vendido. Meses depois, ela encontrou a geladeira no meu escritório, toda reformada. Ficou furiosa, mas tudo passou quando contei que era o presente de aniversário dela...”, conta Victor. “Com o sofá foi a mesma coisa, só que quem penou foi o Victor”, brinca Danielle.
Sobre a tendência retrô que anda por aí, os dois divergem um pouco. Ele acha que a moda “banaliza” a cultura de época. Ela, no entanto, está feliz com a facilidade para encontrar produtos desse tipo no mercado – e a preços muito melhores. “Antes, eu tinha de importar tudo, dos corsets aos rolinhos para fazer os cabelos tradicionais das pin-ups. Hoje o acesso está facilitado. Fora isso, acho que todo mundo tem o direito de curtir essa estética, assim como nós um dia resolvemos fazer. Não sou tão purista quanto o Victor. Gosto muito dos anos 1950, trabalho como pin-up, mas o meu tempo é o aqui e o agora”, diz ela.
Até na hora do sim
Outra que aderiu aos corsets, delineador nos olhos e saias justinhas foi a sommelier Ge­­nise Strap­­pazzon Bal­­lura, 33 anos. Há pelo menos 11 anos, ela e seu fiel costureiro fazem réplicas de vestidos de época e, há 7, Genise faz fotos como pin-up. “Acho essa estética superfeminina. Ela valoriza o corpo, é clássica, não há como alguém olhar e achar feio. Me sinto bem de cinta-liga, espartilho e cabelos com rolls”, diz ela, que hoje não só atua como modelo, mas também faz a produção toda das fotos inspiradas nos anos 1950. “Até quando vou trabalhar, dou um jeito de fazer referência ao estilo pin-up. Seja nas unhas em meia-lua, na franja virada para dentro, no lencinho segurando os cabelos ou no batom vermelho”, conta Genise que, no seu casamento, foi de pin-up, com direito a figurino completo e noivo a caráter. “Agora estou preparando o enxoval da minha filha, com muitas roupas de bolinha...”

sábado, 17 de setembro de 2011

18/SET - EL PERRO´s BIRTHDAY! festinha em SALTO!


El Perro, seu amigo que vos escreve, quer celebrar sua passagem para a outra metade de sua vida útil com os amigos e muito rockabilly! 36 anos! Não sou mais um garotinho! 

Por isso armei uma festa com a banda CRY BABY, que não vai deixar ninguém em cima do sapato. A banda ficou famosa pelos seus covers perfeitos da Stray Cats e por ter ganho um concurso cultural no aniversário do Chuck Berry, em que se tornou endorsee da cabos Santo Angelo, Odery, Meteoro e mais uma série de empresas de equipamentos musicais. Ou seja, é top de linha! E agora a parte mais legal: eles deveriam lançar suas primeiras músicas autorais, que compõem o CD a ser lançado em breve, na EXPOMUSIC 2011. Mas vocês ouvirão PRIMEIRO na El Perro´s B-Day!

Como eu quero que vocês cheguem cedo par aficar MAIS TEMPO com todos, pedi para o Tibério, dono do bar e restaurante CASA DA TIA preparar algo especial para o pessoal já chegar e pedir um bom lanche. Assim, ninguém vem DEPOIS do almoço, mas vem NA HORA do almoço. Ele disse que o prato será o Perro Burguer (sem piadinhas sobre comer o Perro). Confira abaixo:

PERRO BURGUER: hamburguer artesanal estilo texano com 160 gramas + porção de batatas fritas de 250 gramas, com molho especial da Casa da Tia - POR APENAS R$ 10

Ainda teremos pints de chopp Burgmann pilsen por R$ 5,00, além de todo o cardápio da casa, de cervejas como Original, Serra Malte, Devassa, Eisenbahn, e as porções com aquele toque caseiro especial. Os condimentos que acompanham os petiscos não poderiam ser melhores: mostarda e catchup Heinz e pimentas Tabasco.


Agora vem as regras. Eu queria que a entrada fosse gratuita para meus amigos, mas o Tibério me disse uma verdade. Se eu não cobrar portaria, até mendigo vai poder entrar sem eu nem poder reclamar...

Então ficamos estabelecidos assim: Entrada de R$ 5,00, tanto para homem quanto para mulher. E quem consumir acima de R$ 50, individualmente, ganha a entrada!

Mais uma regra: o som não pode passar das 19 horas. Por isso cheguem cedo, pois a Cry Baby vai "subir no palco" exatamente às 15:00 horas.

PATROCÍNIO: REVOLVER KUSTOM SHOP (STAND NA FESTA!)


APOIO: OLDKICKKUSTOM 


APOIO: CASA DA TIA BAR E RESTAURANTE


PARTICIPAÇÃO: TWO WHEELS BRASIL


Rumble 59 - Shake your Chassis

SONZERA COM ÓTIMAS REFERENCIAS VISUAIS


17/SET - Rockabilly Party do Marião, em Salto

Sabadão o Marião vai fazer uma festa das mais old school possível. Som mecânico, chácara, cada um leva o que consome. Um espaço para reunir os amigos, sem superproduções! É assim que a gente se diverte! Quem tiver a fim de ir, siga as instruções do panfleto:

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

MAFIA ROCKER na Revista Terraço

Matéria produzida pela repórter Lilian Sartório para a revista regional TERRAÇO n. 21, que circula nas regiões de Porto Feliz, Itu, Boituva e Salto. Muito grato pela oportunidade e pelas gentis palavras de Juvenil Cirelli, Caio Durazzo e Andy Hell!




Festival Demo Sul divulga atrações


Festival Demo Sul divulga atrações

Programação acontece de 14 a 22 de outubro com presença de oito bandas locais e nove de outras cidades
B. Negão: mistura de black music, ragga, dub, jazz, samba, soul, funk carioca e rock
Dead Rocks: considerada a melhor banda de surf music do Brasil
A organização do festival Demo Sul anunciou ontem a programação da 11 edição, que acontece de 14 a 22 de outubro em Londrina. As bandas Móveis Coloniais de Acaju (de Brasília-DF), Canastra (Rio de Janeiro), Dead Rocks (São Carlos-SP) e B. Negão e os Seletores de Frequência (Rio de Janeiro) serão as principais atrações deste ano. 

Ao todo, 17 grupos foram escalados, sendo que oito são pratas-da-casa. Além dos shows estão previstas oficinas, palestras, mesas-redondas, exibição de filmes e um espaço de encontro - batizado ''Rodada de Negócios'' - entre bandas autorais, donos de bares e proprietários de casas noturnas para convesar sobre agendamento de apresentações. 

Um dos destaques da programação paralela é o VIII Simpósio de Música Independente, com participação de representantes de três entidades de relevância no cenário da produção musical no Brasil: Talles Lopes (Abrafin), Ricardo (Arpub) e Magali Kléber (Abem). 

De acordo com Marcelo Domingues, coordenador geral do festival, o orçamento sofreu um corte de 60% em relação a 2010. ''Normalmente trazemos 25 bandas. Desta vez, reduzimos para 17 porque não tivemos patrocínio da Petrobrás, que não abriu edital este ano'', explica. 

Entre as principais atrações, Dead Rocks e B. Negão e os Seletores de Fequência são as que tocarão pela primeira vez no Demo Sul. Além dos nomes citados, o palco do festival vai receber as bandas mineiras O Melda e Iconilli (ambas de Belo Horizonte); a carioca Consciência Tranquila; a gaúcha Hangovers (Porto Alegre-RS); a maringaense Salamanders; e as locais Brazilian Cajuns Southern Rebels, Osso e Dente, Monkberry, Locodillos, Tênis Sujo e um Scarpin, Iggy Diniz and The Traitors, Flat Black Pack e Londrina Ska Clube. 

Os shows ocorrerão no Espaço Alona, Hotel Sumatra e Grêmio Recreativo. Os ingressos serão vendidos a R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia entrada) na Sonkey Instrumentos Musicais (Rua Senador Souza Naves, 9) e na Up Time Comunicação em Inglês (Rua Paranaguá, 688). Sem patrocínio da Petrobrás, o Demo Sul conta com recursos e apoio da Caixa Econômica Federal, Sonkey, Bud's Zone e Programa Municipal de Incentivo a Cultura (Promic).
 
Powered by Blogger